5 brincadeiras em casa para juntar toda a família!

4 minutos para ler

Criar brincadeiras em casa é uma excelente forma de chamar a atenção das crianças e incentivar o desenvolvimento delas. Basta organizar a programação do dia e exercitar a criatividade para colocar essa ideia em prática.

Caso contrário, a possibilidade de elas ficarem presas aos dispositivos eletrônicos é bem grande. Não que o uso desses aparelhos seja necessariamente prejudicial, já que as tecnologias podem ser úteis quando bem utilizadas.

Contudo, é importante estimular que a criança brinque de outras maneiras, sem contar que é uma oportunidade de criar um vínculo afetivo. Continue a leitura e confira as nossas sugestões para você começar a incluir na rotina da sua casa!

1. Contar histórias

Essa é uma atividade infalível para trabalhar a imaginação das crianças e contribuir para que elas sejam mais criativas. O ato de contar histórias transmite a importância da leitura desde a infância, facilitando que esse hábito permaneça na vida adulta.

Mesmo que o pequeno não saiba ler, não há dúvidas de que ele será atraído por jornadas curiosas e interessantes. Você pode aproveitar os temas preferidos dele (aventura, suspense, clássicos, entre outros) para compor os livros certos. A internet também é uma ótima aliada para garantir conteúdos variados.

Outra opção legal é inventar histórias da própria cabeça e pedir para que a criança faça o mesmo — isso pode garantir boas risadas!

2. Caçar tesouros

Se tem algo que a meninada gosta é de buscar coisas e ter a sensação de vitória por ter conseguido encontrá-las. Por isso, outra ideia legal é preparar uma sequência de pistas para montar uma caça ao tesouro.

O prêmio final não precisa ser algo grandioso, mas, sim, que tenha significado. Já as dicas devem estimular o raciocínio lógico, despertar a curiosidade e promover a motivação.

3. Fazer arte

Fique tranquilo que o objetivo aqui não é aprontar uma bagunça geral: é o de promover o desenvolvimento artístico da criança. Para isso, arrume materiais diversos e proponha diferentes tarefas: desenho, pintura, trabalho com sucata, massinha e outros.

Cada dia pode ser usado para uma finalidade: pintar um quadro bem legal, fazer um cartão para alguém querido, construir um brinquedo de material reciclável, e assim por diante. Estimule o interesse pelas artes e traga referências para deixar a atividade mais enriquecedora.

4. Mexer o corpo

Não se esqueça das brincadeiras que mantêm o corpo ativo! A falta de incentivo é capaz de deixar as crianças sedentárias e propensas a doenças.

Então, abuse um pouco da agitação e também tente aproveitar os momentos ao ar livre sempre que possível.

Uma boa ideia é relembrar os passatempos da sua própria infância como sugestão de atividade. Por exemplo, pense em esconde-esconde, queimada, rouba bandeira, amarelinha, corda, elástico e pega-pega.

No fim das contas, vocês vão se divertir e até gastar algumas calorias!

5. Cozinhar

Brincar também é uma chance de aprender, e a cozinha pode ser um excelente lugar para isso. É claro que toda criança precisa de supervisão nesse momento, pois há vários riscos envolvidos (cortes, queimaduras e tantos outros).

Sendo assim, escolha uma receita mais simples e fique com as tarefas mais perigosas. O essencial é envolver os pequenos no preparo e fazer com que eles tomem gosto pela culinária — o que vai ser importante para eles no futuro.

Uma dica: eles costumam gostar bastante de preparar massas, como pães, bolos, bolachas e tortas. Esse é o verdadeiro convite para colocar a mão na massa e depois saborear o resultado!

E aí, o que você achou das nossas sugestões de brincadeiras em casa para juntar a família e atrair as crianças? Comece a adotar essas ideias e identifique aos poucos as preferidas!

Se você gostou do post, aproveite para seguir as nossas redes sociais e continuar acompanhando as próximas publicações. Confira nossos perfis no Facebook e no Instagram!

Posts relacionados

Deixe uma resposta